Fisioterapia Neurológica

folder-fisioterapia-neurologica

Readquirir a capacidade de sentir o toque, manter uma nova postura, tomar consciência….interagir, voltar a falar, andar…trabalhar, conviver de maneira plena com familiares e amigos….são metas muitas vezes difíceis para aqueles acometidos por uma doença que atinge o sistema nervoso central e/ou periférico. Da mesma forma, reabilitar um paciente neurológico nunca é tarefa fácil, no entanto é um dos aspectos mais fascinantes da vida de um fisioterapeuta.

A fisioterapia neurológica baseia-se em modelos que explicam o controle motor, teorias de como os sistemas interagem para construir um movimento. São inúmeras peças, que se encaixam como um balé. Nós, temos que tocar a música certa… Para que o sistema sensorial periférico capte os estímulos, para que as fibras nervosas disparem potenciais para o encéfalo, para que este reconheça e organize uma resposta. E, por fim, para que a resposta seja modulada, coerente e funcional.

Muitos modelos de reabilitação referem-se ao sistema para se memorizar movimentos. Pré-requisitos como motivação e atenção são mencionados como amplificadores de resultados. Por este motivo, os terapeutas devem ser bem treinados a interagir de forma assertiva com o comportamento, muitas vezes, flutuante, do paciente e de seus familiares. Tranquilidade, foco, alcance de metas diárias, valorização da autoestima, figuram entre os mais importantes ingredientes para o sucesso.

Modelos de reverberação, repetição de movimentos, também são levados em conta para a automatização dos ganhos neuromotores e então, para a diminuição do gasto energético. Em sequência, a aplicação destes ganhos em atividades do dia a dia, fornece a chave final para a reaquisição da função.


Regain the ability to feel a touch, keep a new posture, gain conscience… interact, return to talk, walk… work, live to the fullest with family and friends… these goals are often difficult for those affected by a disease that affects their central nervous system and / or peripheral. Similarly, rehabilitate a neurological patient is never an easy task, yet it is one of the most fascinating aspects of the life of a physiotherapist.

The neurological therapy is based on models explaining the motor control theories of how the systems interact to construct a movement. There are numerous pieces that fit together like a ballet. We have to play the right music… So that the peripheral sensory system captures the stimuli, the nerve fibers fire action potentials to the brain, so that it recognizes and organizes a response. And finally, so that the answer is modulated, coherent and functional.

Many rehabilitation models refer to the system to memorize movements. Prerequisites such as motivation and attention are mentioned as results amplifiers. For this reason, therapists should be trained to interact with assertiveness, often, hesitant by the patient and their families. Tranquility, focus, a range of daily goals, enhancement of self-esteem, are the most important ingredients for success.

Reverb models, repetition of movements, are also taken into account for the automatization of neuromotor gains and then, to reduce energy expenditure. In sequence, the application of these gains in day to day activities, provides the ultimate key to the restoration of function.


 Artigos Internacionais que respaldam o nosso trabalho


Current issues and considerations about the central role of rehabilitation therapies in the functional recovery of neurological impairments after stroke in adults.

Moraru E1, Onose G2.

J Med Life. 2014.


Rehabilitation of arm function after stroke. Literature review.

Oujamaa L, Relave I, Froger J, Mottet D, Pelissier JY.

Ann Phys Rehabil Med. 2009.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>